Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e Braskem apresentam

linha_branca.png
linha.jpg

o que é o INTERCENA?

 

INTERCENA é um projeto de internacionalização das Artes Cênicas do Estado do Rio Grande do Sul.

É o primeiro mercado profissional de artes cênicas do sul Brasil.

 

 

É um programa estruturado em quatro eixos ações que se interligam promovendo sinergia

para potencializar a difusão da produção cênica. Os eixos estão organizados da seguinte forma:

 

1. Capacitação para Internacionalização das Cias de Artes Cênicas do Estado do Rio Grande do Sul;

2. O Seminário Internacional Sobre Festivais de Artes Cênicas;

3. Rodada de Negócios com Curadores e Programadores de Festivais Nacionais e Internacionais e

4. Apoio para Cias de Artes Cênicas ou Festivais para o intercâmbio das produções cênicas.

 

 

equipe intercena

Diretor: Alexandre Vargas

Consultor de Festivais Nacionais e Internacionais: Marcelo Bones

Produção Executiva: Cuco Produções

Assistente de Direção: Elenice Zaltron

Assessoria de Imprensa: Bebê Baumgarten Comunicação

Coordenação Administrativa: Lukka Criações

Contabilidade e Consultoria Fiscal: Roberto-Onófrio Consultoria

Designer: Elano Collaço

Consultor de Mídias: Mauro Paz

Registo Fotográfico: Fernando Pires e Márcio Gamboa

Registro e Edição de Vídeo: Bactéria Filmes

programa.jpg

o programa

A primeira edição do INTERCENA será na cidade de Porto Alegre (Rio Grande do Sul, Brasil), de 04 de dezembro de 2017 a 27 de abril de 2018.


Diversos espaços culturais da cidade acolherão as diferentes atividades do projeto: capacitação para a
internacionalização de vinte e duas cias de artes cênicas, rodadas de negócios e primeira edição do Seminário Internacional de Festivais de Teatro, para profissionais e público em geral.

 

o local

 

CHC.jpg

INTERCENA acontecerá no

Centro Histórico Cultural

Santa Casa, Porto Alegre - RS.

 

capacitação

 

INTERCENA desenvolverá atividades para o intercâmbio de conhecimento e treinamento de agentes culturais e artistas, a fim de qualificar a percepção empresarial das artes, a abertura dos mercados, a internacionalização e o fortalecimento de redes e circuitos.

 

Uma das ações é “Caminho e Rotas para a Circulação Nacional e Internacional”, capacitação para vinte duas companhias, grupos e produtores teatrais para ampliação

das possibilidades de circulação dos seus espetáculos para todo o Brasil e também para outros países.

 

 

 

 

rodada de negócios 

 

Reuniões agendadas entre criadores e agentes ou curadores e programadores culturais. Uma conexão direta para a apresentação de oferta e demanda da produção em artes cênicas e serviços culturais. Negócios, trocas ou acordos.

 

A Rodada de Negócios é considerada uma das ações mais significativas no Brasil, pois vai ao encontro das novas políticas culturais - em sua dimensão econômica - tratando de questões contemporâneas como a mobilidade transnacional e o acesso a mercados internacionais.

 

A rodada cria um espaço e ambiência propícios para a interlocução entre artistas e agentes culturais 

 

Dia 27 de abril, das 10h às 18h, Fundação Iberê Camargo

 

 

o seminário

linha_branca.png

 

Seminário Internacional Sobre Festivais de Artes Cênicas, realizado em quatro etapas, com duração de 1 (um) dia cada etapa. 

Quatro temas ao todo, sendo eles:

 

a) Festivais e Economia;

b) Festivais e suas curadorias;

c) Festivais Internacionais X Festivais Nacionais 

e) Políticas Culturais para os Festivais de Artes Cênicas. 

 

Os festivais de artes cênicas contribuem tanto para circulação de mercado interno como externo, ou seja fomentam a distribuição de bens de produtos culturais no Brasil e exterior. Formam um conjunto de atividades econômicas baseadas no conhecimento, com uma dimensão de desenvolvimento e que tem relação com os níveis macro e micro da economia.

 

Tratam de questões contemporâneas como a mobilidade transnacional e o acesso a mercados internacionais e expressam uma ótica de valor econômico diversificado e heterogêneo (Não concentrado e hegemônico). Além disso viabilizam e fortalecem o ecossistema cultural e criativo local.

 

É possível compreender os festivais como plataformas para o CICLO DE CRIAÇÃO, PRODUÇÃO e DISTRIBUIÇÃO DE BENS e SERVIÇOS que utilizam CAPITAL INTELECTUAL e CRIATIVIDADE como insumos primários. É um setor cultural no país de extrema capilaridade (chega em locais que o Estado não chega). Portando os festivais são opções viáveis de desenvolvimento que constituem um conjunto de atividades baseadas no conhecimento, focado (mas não limitado) às artes. 

 

 

Onde e quando:

Dias 24 e 25 de abril, das 10h às 18h

Centro Histórico Cultural Santa Casa

 

Dia 26 de abril, das 10h às 18h

Fundação Iberê Camargo

siga nossa página

 

 

Boletim de notícias

 

Assine o boletim informativo do INTERCENA para ser atualizado.

 

 
 
 
Inscreva-se
Inscrições para artistas
e agentes

 

04 de dezembro de 2017 a 10 de abril de 2018. Pedido para apresentadores e
curadores

 
Zona de registro
Inscrições para o 1o. Seminário Internacional
sobre Festivais de
Artes Cênicas

 

04 de dezembro de 2017 a
15 de abril de 2018

 

 
 
 
Zona de registro
Capacitação das cias de
artes cênicas

 

04 de dezembro de 2017
a 19 de Janeiro de 2018

 
 
Zona de registro
Mais informações 

 

Se você tiver alguma dúvida, escreva-nos para info@intercena.com.br Estamos felizes em conversar com você.